InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Exercícios - Escalas

Ir em baixo 
AutorMensagem
victor.meteoro
Moderador
Moderador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 1548
Idade : 26
Localização : Onde você menos espera!1
Data de inscrição : 20/01/2008

MensagemAssunto: Exercícios - Escalas   Qui Fev 19, 2009 4:11 pm

Se Possível deixem esse tópico só pros exercícios, conversas/dúvidas no "Budega Musical".

-------------------------------

Uma escala musical é 1) um grupo de notas musicais que derivam, em parte ou no todo, do material escrito de uma composição musical; 2) uma seqüência ordenada de tons pela freqüência vibratória de sons, (normalmente do som de freqüência mais baixa para o de freqüência mais alta), que consiste na manutenção de determinados intervalos entre as suas notas.

Em solfejo, as sílabas para representar as notas, de quaisquer escalas, são: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si (Dó). Estas notas, no Mundo Anglo-Saxônico, são representadas pelas equivalentes seguintes letras: C, D, E, F, G, A, B (C), respectivamente, apesar de que, no solfejo, os anglo-saxônicos preferem usar números, substituindo as sílabas anteriormente mencionadas, por 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, embora possam também usar as sílabas em vez dos números. Similarmente, o acidente de sustenido adicionado a uma destas notas, e que adiciona meio tom na altura desta, é representado pelo símbolo "#" na nomenclatura anglo-saxônica; enquanto o "bemol", adicionado a qualquer nota, e que diminui a altura do som da nota em meio tom, é representado pelo símbolo "b" na nomenclatura anglo-saxônica.

Origem:Wikipédia


Última edição por victor.meteoro em Qui Fev 19, 2009 7:18 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
victor.meteoro
Moderador
Moderador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 1548
Idade : 26
Localização : Onde você menos espera!1
Data de inscrição : 20/01/2008

MensagemAssunto: Re: Exercícios - Escalas   Qui Fev 19, 2009 4:13 pm

ESCALAS

Escala Maior e seus Modos:
Maior / Iônico = 1 2 3 4 5 6 7M
Dórico = 1 2 b3 4 5 6 7
Frígio = 1 b2 b3 4 5 b6 7
Lídio = 1 2 3 #4 5 6 7M
Mixolídio = 1 2 3 4 5 6 7
Eólio / Menor Natural = 1 2 b3 4 5 b6 7
Lócrio = 1 b2 b3 4 b5 b6 7

Escala Menor Melódica e seus Modos:
Menor Melódico / hawaiian = 1 2 b3 4 5 6 7M
Dórico b2 / Frigio 6 = 1 b2 b3 4 5 6 7
Lídio Aumentado = 1 2 3 #4 #5 6 7M
Lídio b7 / Mixo #4 = 1 2 3 #4 5 6 7
Mixolídio b6 / Hindu = 1 2 3 4 5 b6 7
Eólio b5 = 1 2 b3 4 b5 b6 7
Super Lócrio / Alt 7 = 1 b2 #2 3 #4 #5 7

Escala Menor Harmônica e seus Modos:
Menor Harmônica = 1 2 b3 4 5 b6 7M
Lócrio 6 = 1 b2 b3 4 b5 6 7
Iônico #5 = 1 2 3 4 #5 6 7M
Dórico #4 / roumanian = 1 2 b3 #4 5 6 7
Frígio Dominante / Spanish = 1 b2 3 4 5 b6 7
Lídio #2 = 1 #2 3 #4 5 6 7M
Super Lócrio b7° / Alt b7° = 1 b2 #2 3 #4 #5 b7°

Escala Maior Harmônica e seus Modos:
Maior Harmônico = 1 2 3 4 5 b6 7M
Dórico b5 = 1 2 b3 4 b5 6 7
Frígio b4 = 1 b2 b3 b4 5 b6 7
Lídio b3 = 1 2 b3 #4 5 6 7M
Mixolídio b2 = 1 b2 3 4 5 6 7
Lídio Aumentado #2 = 1 #2 3 #4 #5 6 7M
Lócrio b7° = 1 b2 b3 4 b5 b6 b7°

Escalas Simétricas:
Cromática(semitons) = 1 #1 2 #2 3 4 #4 5 #5 6 #6 7M
Aumentada I = 1 #2 3 5 #5 7M
Aumentada II = 1 b2 3 4 #5 6
Dominante Diminuta = 1 b2 #2 3 #4 5 6 7
Diminuta = 1 2 b3 4 b5 b6 b7° 7M
Tons Inteiros ou Hexafônica ou whole Tone = 1 2 3 #4 #5 7

Escalas do Bebop
Bebop Maior = 1 2 3 4 5 #5 6 7M
Bebop Dominante = 1 2 3 4 5 6 7 7M
Bebop Tonica Menor = 1 2 b3 4 5 #5 6 7M
Bebop Menor = 1 2 b3 4 5 #5 6 7


Obs: b7° = 6
Obs: "Alt" quer dizer "Alterado" ok!!!

Escalas Exóticas de 6, 7, 8 e 9 Notas e Blues
Escalas Exóticas de 6 Notas
Hexacordal = 1 2 3 4 5 6
Prometheus Neapolitan = 1 2 3 #4 6 7
Enigmatica = 1 b2 3 #4 #5 7
Marwa = 1 b2 3 #4 6 7M
P’yangio = 1 2 4 5 6 7

Escalas Exóticas de 7 Notas
Neapolitan Maior = 1 b2 b3 4 5 6 7M
Neapolitan Menor = 1 b2 b3 4 5 b6 7M
Persian = 1 b2 3 4 b5 b6 7M
Byzantine / Spanish = 1 b2 3 4 5 b6 7M
Todi = 1 b2 b3 #4 5 b6 7M
Oriental = 1 b2 3 4 b5 b6 7
Gypsy / Hungarian = 1 2 b3 #4 5 b6 7
Hungarian Menor = 1 2 b3 #4 5 b6 7M
Hungarian = 1 #2 3 #4 5 6 7
Lócrio Maior / Árabe = 1 2 3 4 b5 b6 7
Lídio Menor = 1 2 3 #4 5 b6 7
Leading Hexafônica = 1 2 3 #4 #5 #6 7M

Escalas Exóticas de 8 Notas
Spanish 8 Notas = 1 b2 b3 3 4 b5 b6 7
Harmoneólio = 1 2 b3 4 5 b6 7 7M
Dórico Blues = 1 2 b3 4 #4 5 6 7
Melodórico = 1 2 b3 4 5 6 7 7M
Mixo Blues = 1 2 3 4 #4 5 6 7
Ichikotsucho = 1 2 3 4 #4 5 6 7M

Escalas Exóticas de 9 Notas
Relatedscale 9 notas = 1 b2 #2 3 #4 #5 6 7M
Taishikicho = 1 2 3 4 #4 5 6 7 7M
Tcherepnin = 1 b2 #2 3 4 5 #5 6 7M
Nine tone = 1 b2 #2 3 #4 5 #5 6 7M

Escalas de Blues ( 7 Escalas )
1º 1 b3 4 b5 5 7
2º 1 b3 4 b5 5 7M
3º 1 2 b3 3 5 6
4º 1 2 b3 3 5 b6 6
5º 1 b3 3 4 b5 5 7
6º 1 2 b3 3 4 b5 5 6 7
7º 1 2 b3 4 b5 5 6 7

Pentatônicas(46 Tipos)
Maiores:
Maior/ ryosen = 1 2 3 5 6
Maior #5 = 1 2 3 #5 6
Maior b2/ scriabin = 1 b2 3 5 6
Maior b6 = 1 2 3 5 b6
Híbrida Lídio = 1 2 3 #4 6
Shimo-Chidori / chinesa = 1 3 #4 5 7M
Ryukyu = 1 3 4 5 7M

Menores:
Menor I/ kyenyonjo = 1 b3 4 5 7
Menor II = 1 b3 4 6 7
Menor 6 = 1 b3 4 5 6
Menor 7M = 1 b3 4 5 7M
Menor 7(b5) = 1 b3 4 b5 7
Diminuta = 1 b3 4 b5 b7°
Menor Alterada = 1 b3 #4 5 7
Híbrida Menor Harmônica I = 1 b3 5 b6 7M
Híbrida Menor Harmônica II = 1 b3 4 b6 7M
Híbrida Menor Harmônica IV = 1 2 b3 b6 7M
Híbrida Menor Melód. I = 1 2 b3 5 7M
Híbrida Menor Melód. II = 1 2 b3 6 7M
Híbrida Menor Melód. III = 1 b3 4 6 7M
Pelog Balinese = 1 b2 b3 5 b6
Pelog Javanese = 1 b2 b3 4 b6
Hirajoshi = 1 2 b3 5 b6
Kumoi / hawaiana = 1 2 b3 5 6
Banshiki-Cho = 1 b3 4 b6 7

Tons Inteiros/Dominantes/Dom Dim/Alteradas
Tons Inteiros = 1 3 #4 #5 7
Dominante I = 1 2 3 5 7
Dominante II = 1 3 4 5 7
Dominante III = 1 3 4 #5 7
Dom Dim I = 1 #2 3 5 7
Dom Dim II = 1 b2 3 5 7
Alterada I = 1 b2 3 #4 #5

Sus(Sem a 3ª)
Híbrida Sus I = 1 2 #4 5 6
Híbrida Sus II = 1 2 4 b6 7
Híbrida Sus III = 1 2 #4 5 7
Alterada I Sus = 1 b2 #2 b5 #5
Alterada Sus II = 1 #2 #4 #5 7
Híbrida Menor Harmônica Sus III = 1 2 4 b6 7M
Híbrida Menor Melódica Sus IV = 1 2 4 5 7M
Híbrida Menor Melódica Sus V = 1 2 4 6 7M
Híbrida Menor Melódica Sus VI = 1 2 5 6 7M
Iwato = 1 b2 4 b5 7
Kokin-Chosi = 1 b2 4 5 7
Naka Zora / In-sen = 1 b2 4 5 b6
Ritsu = 1 2 4 5 6
Egypcia = 1 2 4 5 7

Origem:Comunidade G-E&T
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
victor.meteoro
Moderador
Moderador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 1548
Idade : 26
Localização : Onde você menos espera!1
Data de inscrição : 20/01/2008

MensagemAssunto: Re: Exercícios - Escalas   Qui Fev 19, 2009 4:15 pm

DICA: O mais importante das escalas é conhecer seus intervalos, ou seja, os intervalos que compõe cada escala, suas classificações e onde se localizam no instrumento.O "ouvido" também tem que saber RECONHECER os sons desses intervalos, ou seja, a suas sonoridades.Isso é importantíssimo.Para que o Ouvido tenha esse grau de Percepção, é necessário estudar Solfejo Melódico e Rítmico.

DICA 2: Caso você não tenha tempo ou paciência de estudar Solfejo Rítmico e melódico, Pode estudar as escalas fazendo o exercício de MELODIZAÇÃO, ou seja,tocando as escalas muito lentamente, para que o Cérebro e Ouvido absorvam a sonoridade de cada escala. Lembre-se quanto mais lento é melhor para que o cérebro absorva a informação sonora.

Como Improvisar ( Parte I ) - Esclarecimento !!!
É evidente que a forma de improvisar é uma coisa muito Pessoal.Assim como a aplicação das Escalas e Arpejos sobre determinados Acordes, também é muito pessoal(escolha das Sonoridades e "Intenções" Musicais).
Mas existem alguns caminhos importantes a seguir, aconselhados pelos grandes improvisadores(guitarristas de jazz,fusion e etc...).
Aqui vão algumas dicas Dicas e Esclarecimentos.

1º Esclarecimento: NÃO!!! é um repertório(quantidade) de Escalas, Arpejos, Frases e licks que torna você um grande improvisador!!!!

[Agora a Galera vai querer me MATAR rs!!!]Mas é isso mesmo!!!As vezes o guitarrista conhece vários tipos de Escalas , Arpejos e Frases mas não consegue APLICAR de forma MUSICAL essas ferramentas melódicas.Ou seja, não consegue CONECTAR(juntar,aglomerar,somar) essas informações/ferramentas melódicas para que tenha Sentido musical(esteticamente falando).

Obs: Infelizmente a maioria dos guitarristas se preocupam mais com a Peformance Digital(no braço do instrumento) para impressionar o púlblico( e a se mesmo!!), do que a Arte de Fazer Música(Criação,composição,ORIGINALIDADE!!!)...A CRIAÇÃO/COMPOSIÇÃO DA MÚSICA(ARTE) TRANSCENDE A MATEMÁTICA MUSICAL(Escalas,Arpejos etc..)

Como Improvisar ( Parte II ) - Dicas !!!
Dica I: Analise a Harmonia Primeiramente.Veja quais são os Intervalos de cada acorde.Pense que cada Acorde vai fornecer a você as informações(intervalos) necessarias, para guiá-lo na escolha de qual(ais) escala(s) e Arpejo(s) para improvisar sobre esses Acordes.

Dica II:Após a escolha das Ferramentas Melódicas(Escalas,Arpejos,Frases), procure criar melodias e/ou frases da forma mais musical possível.[Como? você me pergunta nesse momento!!] 1º Até aqui você provavelmente já aprendeu e decorou as digitações das Escalas,Arpejos e Frases que escolheu para aplicar sobre os Acordes que compoe a Harmonia certo?!!!Ok então!!!Vamos ao segundo passo(e mais divertido!!!) 2º Relaxe o corpo e concentre-se apenas nas notas e Frases que SOARÂO NO SEU PENSAMENTO!!!Isso mesmo!!!As frases surgirão na sua mente, impulsionadas pela
base/harmnia/rítmo da música que estar sendo tocada.
OBSIMP:NÃO SE PRENDA AS DIGITAÇÕES NO BRAÇO DO INSTRUMENTO. É A MENTE QUE CRIA A MÚSICA E NÃO OS DEDOS CERTO!!!

Dica III: Rítmo!!!!Está na hora de você musicalizar os seus solos amigo!!!O Rítmo é a ALMA da Música. Utilize-se de vários rítmos, desde de que essas células rítmicas caibam dentro da música( Percepção e bom senso é muito importante nesse momento!!!)Lembre-se: muitos guitarristas tocam a mesma escala e as mesmas notas, mas os rítmos são diferentes.E não tem coisa mais bonita de se ouvir do que um solo bem suingado!!!Existem guitarristas que além de serem virtuosos também são musicais, devido a sua capacidade de suingar ou ritmar sua frases e solos.
A bateria, a percursão e o baixo são seus guias nesse momento.Em resumo: Um ouvido tem que estar ligado no rítmo e o outro no imaginário criativo( nas notas e frases que estão surgindo na mente).

Como Improvisar ( Parte III ) - As Fontes !!!
Até aqui você conhece todas as escalas, arpejos, possui um bom repertorio de frases e licks...mas sente que estar um pouco repetitivo em suas improvisações!!!Daí você se pergunta: Como o George Bensom possui um repertótio tão ilimitado de frases? Como alguns guitarristas de fusion e rock possuem tanta criativade para compor riffs, frases e licks tão legais? E você pensa mais um pouco... Eu passo horas estudando escalas,arpejos,técnica...e tanta coisa...mas não consigo criar algo novo e/ou original!!! E nesse momento surge alguns sentimentos perigosos(desânimo,falta de autoconfiança no próprio talento musical,e as vezes coisas mais profundas como depressão e também um vazio e solidão)E aqui eu digo algo pra você amigo...TODOS os grandes músicos passaram por isso!!!Então vamos em busca de soluções!!!

1º Experimentação!!!(veja isso como uma busca totalmente sua.Uma busca INTERIOR ao encontro da sua Música.Se você sente amor pela música,gosta de tocar um instrumento, com toda certeza existe Música na sua essência.Então procure-a!!!)
Pesquisando através de Ferramentas Melódicas(ESCALAS E ARPEJOS)Escolha um Acorde.Grave o som desse acorde num gravador, tocando-o com um determinado rítmo(escolha um estilo que você goste).Repita várias vezes o mesmo acorde(não se preocupe,daqui a pouco você vai ficar hipinotizado rs!!!).Feito isso, experimente as SONORIDADES das Escalas e Apejos sobre esse acorde. Veja qual escala,arpejo ou frase se encaixa ou combina melhor e anote essas informações.Por enquanto estamos fazendo uma pesquisa técnica/matemática musical ok!!!Observe que algumas escalas e arpejos resultarão em efeitos sonoros interessantes.Alguns estarão combinando totalmente(inside), outros estarão meio descordantes(inside/outside), e outros totalmente descordantes(OUTSIDE).Vai do seu gosto e ouvido a preferência por alguns deles ok!!Lembre-se: o gosto é algo pessoal!e as INTENÇÕES Musicais também!!!
Repita esse processo com todos os tipos de acordesque você conhece,ou utiliza,nas suas composições ou estilos que toca

Como Improvisar ( Parte IV ) - As Fontes !!!
2º Criação: Esse é o processo mais fantástico da música.O verdadeiro trabalho Artistico. A Criação!!!
A prática da Improvisação está totalmente ligada à criação espontânea. E nesse processo você tem que se libertar do mundo Físico-musical(braço do instrumento,palhetadas,dedilhados etc...), e se ligar,ou conectar e ouvir a música e notas que soam dentro da cabeça(Mente musical)[O estudo do Solfejo Melódico nesse momento, é que transporta as notas do Imaginário para o mundo físico do instrumento.Justamente porque a prática desse tipo de estudo treinou o cérebro para o reconhecimento sonoro dos intervalos e onde eles se localizam no braço do instrumento].É importante que você ANOTE SUA CRIAÇÕES(Temas,melodias,frases,licks e riffs)

3ºInfluências!!! Ouça o máximo possível os Grandes Músicos!!!Aqueles que CRIAM verdadeiras obras musicais, tanto na composição, como em improvisos. Não se limite a ouvir apenas músicos que tocam o mesmo instrumento que o seu.Quer um exemplo: O Sweep foi uma técnica desenvolvida pelo guitarrista Frank Gambale.E isso partiu da necessidade de tocar as frases e escalas rapidíssimas que os pianistas tocavam,as quais, Frank Gambale gostava e transpunha para a guitarra.Como a técnica de Palhetada Alternada não possibilitava, ele desenvolveu o Sweep.Não é de hoje que grandes guitarristas improvisadores tiram ou copiam frases de outros instrumentos, como Piano,Sax,Flauta,voz para composição de suas melodias.E buscam nos instrumentos percusivos(bateria e percussão) as células rítmicas que farão aquela diferença em seus solos.Em resumo...ouça os Grandes Músicos e Compositores de vários estilos e Instrumentos.Isso fará uma diferença muito grande na sua musicalidade e cultura!!!

Como Improvisar (Final ou Reinicio!!!)
Tudo que SOA ou TOCA ou RUGE ou etc.... A sua volta é SOM!!! Nas palavras que as pessoas dizem existe melodia (e com sonoridades bem Exóticas heinnn!). Com certeza a Natureza é uma grande fonte de informações Musicais(Animais,cachoeiras,vegetação).Muitas escalas, principalmente as exóticas e modais são tiradas de alguns povos e tribos.E com certeza a Natureza foi a fonte deles.
Enfim meus amigos... O mundo inteiro (Pessoas, Natureza) está aí para serem PERCEBIDOS (A MÚSICA É SENTIDA E GUIADA PELA PERCEPÇÃO!!!).Transponha essas informações para a sua música.E some-a ao seu mundo Interior!!

É impossível desvencilha (desligar) a Música da vida, de uma filosofia de vida e do mundo interior das pessoas!!!!


Origem:Comunidade G-E&T
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Exercícios - Escalas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Exercícios - Escalas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Aulas de guitarra-
Ir para: