InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Lição 1 - Introdução ao estudo de Guitarra e Violão

Ir em baixo 
AutorMensagem
victor.meteoro
Moderador
Moderador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 1548
Idade : 27
Localização : Onde você menos espera!1
Data de inscrição : 20/01/2008

MensagemAssunto: Lição 1 - Introdução ao estudo de Guitarra e Violão   Qui Mar 19, 2009 8:56 pm

Introdução

É muito importante que as pessoas que gostam de música se dediquem aos estudos ou, no mínimo,
ao entendimento do que de fato é música para que haja um despertar de consciência afim de que
possamos nos aproveitar desta arte como realmente devemos, ou seja, ouvirmos coisas boas que nos
tragam todo o sentimento e ensinamentos que devem. Ser músico não é ganhar dinheiro fazendo
qualquer coisa que se intitule música, mas sim amar a esta arte e entende-la tendo o compromisso
de praticá-la da melhor maneira possível.

Estudar música não é uma tarefa fácil, é preciso que haja amor e dedicação aos estudos. Muitas
pessoas se queixam sobre ter que despender algum tempo para entender como funcionam as coisas
dentro da música, mas este é o caminho para nos tornarmos bons músicos e desenvolvermos de fato
todo nosso potencial; cada um em seu ritmo devemos sim nos dedicar, devemos criar nossas próprias
metodologias de ensino e buscar cada vez mais nos aperfeiçoar, afinal, a emoção que sentimos
quando interpretamos uma obra vale por todo esforço, a música é a mais elevada forma de expressão
do ser humano, através dela conseguimos transmitir todo o sentimento que desejamos de forma que
todas as pessoas sintam isto e com certeza vale a pena todo o esforço para o fazermos bem.


Noções Musicais Básicas
Acorde:
Acorde é uma combinação de sons sucessivos quando arpejados ou simultâneos.

Fórmula:
Fórmula é o conjunto de intervalos (notas) que caracterizam um acorde.

Cifras:
Cifras são símbolos criados para representar acordes. As cifras são expressas por letra do alfabeto,
números e sinais, sendo:

Lá = A
Si = B
Dó = C
Ré = D
Mi = E
Fá = F
Sol = G

O acorde quando maior é representado apenas pela letra maiúscula (ex: C), quando é menor colocase
um m (minúsculo) em seguida da letra (ex: Cm). Os acidentes sustenido (#) e bemol (b) aparecem
logo na frente da letra maiúscula quando indicam a nota fundamental alterada (ex: C#), podendo
também em alguns casos aparecer antes do número que indica o grau a ser alterado [ex: C7M (#5)].
Obs: A notação de acordes por cifras, ainda não está mundialmente padronizada, portanto é possível
se encontrar alguns casos de um mesmo acorde sendo notado de maneiras diferentes.

Intervalo:
Intervalo é a distância de freqüência sonora que existe entre duas notas. O menor intervalo possível
entre duas notas é de meio tom (um semitom). Por exemplo: o intervalo entre as notas C e D é de 1
tom, ou 2 semitons. No sistema de cifras, a distância (ou intervalo) é sempre definida em relação à
nota "1" (a fundamental). Em um acorde, cada nota corresponde a um intervalo.

Acidentes ou Semitons:
Como já foi dito, o intervalo entre C e D é de 1 tom, e o menor intervalo possível entre duas notas é
de meio tom. Logo, entre C e D existe uma terceira nota. Esta nota pode ser chamada de C# (dó
sustenido) ou de Db (ré bemol). Estas notas que ficam entre as notas naturais são chamadas de acidentadas. C# (dó sustenido) é a nota dó elevada em meio tom e Db é a nota ré baixada em meio
tom, logo, são a mesma nota (o que chamamos "enarmonia").

Enarmonia:
Como já vimos, enarmonia é uma mesma nota ou um mesmo acorde, definidos com nomes
diferentes.

Oitavas:
As escalas musicais se repetem depois de terminar. Ou seja, ao se chegar à última nota da escala,
volta-se à primeira. A nota que se repete tem o mesmo tom da primeira, mas o seu timbre é bem mais
agudo. As notas naturais são apenas 7. O termo usado como 8ª (oitava) é repetição do 1º grau;
também indica a mesma nota em outra oitava mais grave ou mais aguda.

Arpejos:
Arpejos são as notas de um acorde tocadas separadamente, em seqüência, ao invés de todas juntas.


Introdução ao Violão e à Guitarra
Conhecimentos Gerais

A contagem das cordas se faz da mais fina para a mais grossa. Tocando as seis cordas soltas, sem
pressionar nenhuma casa delas, produzem as seguintes notas.

1ª corda: Mi
2ª corda: Si
3ª corda: Sol
4ª corda: Ré
5ª corda: Lá
6ª corda: Mi (Duas oitavas abaixo)

O braço do instrumento está dividido em casas (pequenos retângulos delimitados por uma fina
peça de metal ou algum outro material). Ao pressionarmos uma das cordas com um dedo da mão
esquerda, estaremos alterando sua tensão e conseqüentemente o som emitido por sua vibração,
resumindo, estaremos tocando uma outra nota musical. As casas são contadas, no sentido da cabeça
(tarrachas) para o corpo do instrumento.

Afinando o Instrumento

A afinação pode ser em vários tons, a mais usada é no tom de E, é nela que estão afinados os
instrumentos na maioria esmagadora das músicas existentes. Para afinar nesse tom você precisa ter
pelo menos 1 corda afinada, a Sexta (Mi), a Quinta(Lá), a Quarta (Ré), a Terceira (Sol), a Segunda (Si)
ou a Primeira (Mi). Se você afinar a corda Mi(E) por exemplo, você pode colocar as outras de acordo
com o tom da própria, assim:

O som da 6ª corda pressionada na 5ª casa corresponde ao som da 5ª corda solta (corda de baixo)
O som da 5ª corda pressionada na 5ª casa corresponde ao som da 4ª corda solta (corda de baixo)
O som da 4ª corda pressionada na 5ª casa corresponde ao som da 3ª corda solta (corda de baixo)
O som da 3ª corda pressionada na 4ª casa corresponde ao som da 2ª corda solta (corda de baixo)
O som da 2ª corda pressionada na 5ª casa corresponde ao som da 1ª corda solta (corda de baixo)
O som da 5ª corda pressionada na 7ª casa corresponde ao som da 6ª corda solta (corda de cima)

Mas para afinar o instrumento, você precisa de um parâmetro para afinar uma corda e partindo dela
afinar as outras. Isso pode ser feito através da utilização de um diapasão (vendido em casas
especializadas), através de outro instrumento ou ainda através do telefone, pois o som do telefone é
de 440 Hz isto significa que a Quinta corda solta tem o som correspondente ao do telefone, então se
você conseguir colocar a corda no mesmo tom afine as outras a partir dela.


Dica do Vítú: É bom ir acostumando os ouvidos com o som de cada nota, pra aumentar a percepção auditiva.Com o tempo você afinará instrumentos de ouvido e vai aprender músicas com muito mais facilidade.
------------------------
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Lição 1 - Introdução ao estudo de Guitarra e Violão
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vendo ,Sagitario e v2 Urgente hehe Com Fotos! Aceito trocas por Pedal de Guitarra
» Colecção de pin's da SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves)
» Podcast Revolution #31 - Filme - Os Guerreiros do Armagedon Parte 1
» Materia de estudo para o exame de Radio-amador & Exames para treinar

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Aulas de guitarra-
Ir para: